Torcida do Botafogo faz campanha contra dirigente após post no Twitter

No Rio de Janeiro, a hashtag #ForaPadilha é o segundo assunto mais comentado na rede social

Relacionadas

Marcio Padilha, vice-presidente de comunicação do Botafogo, se envolveu em uma confusão no Twitter na quarta-feira desta semana e o assunto continua repercutindo entre os internautas. Ao responder uma mensagem de uma torcedora, o dirigente disse que "a torcida abandonou o Botafogo".

A publicação inicialmente comentava sobre a interferência dos irmãos Moreira Salles no futebol do time, mas após a eliminação do clube na Taça Guanabara a postagem tomou outras proporções e foi alvo ainda de mais comentários negativos por parte dos torcedores.

Depois do alvinegro ser derrotado pelo Resende por 1 a 0 e sair do Engenhão sendo vaiado, os torcedores começaram a compartilhar a publicação de Padinha e criar a campanha para que o dirigente seja afastado do time. 

A hashtag #ForaPadilha chegou a ficar entre os dez termos mais citados do Brasil e, no Rio de Janeiro, ainda se encontra na segunda posição do ranking. 

"Que torcida caminha lado a lado com o time sem ganhar um título expressivo há mais de 20 anos? A última coisa a ser culpada é a torcida", defendeu um dos internautas. "Deixe de covardia em culpar o maior patrimônio do clube, quem está levando o Botafogo para o buraco são vocês", disparou outro. 

Na próxima rodada, o Botafogo enfrenta o Boavista no domingo, às 17 horas, no Estádio Elcyr Resende, em Saquarema. 

 

MAIS SOBRE:

futebolBotafogoTwitterRio de Janeiro [cidade RJ]
Comentários