Troca de chuteiras de Neymar vira mistério: marketing ou superstição?

Nos últimos quatro jogos, craque brasileiro trocou os calçados pelo menos quatro vezes

Relacionadas

A imprensa esportiva mundial se pergunta: o que há, afinal, com as chuteiras de Neymar? Nos últimos quatro jogos, o atacante do Barcelona trocou de calçado pelo menos quatro vezes, durante as partidas - e as teorias vão de falta de adaptação com o modelo a estratégia de marketing, passando por superstição. Em algumas das ocasiões, o brasileiro precisou deixar o campo para ajustar seus sapatos.

O fato é que ninguém sabe, ao certo, o que está motivando o troca-troca. E, por estar amarrando suas chuteiras (e atrasando uma cobrança de falta), Neymar levou até mesmo um cartão amarelo no sábado, na derrota por 2 a 0 do Barça frente ao Málaga. Por um segundo amarelo, depois de uma falta em um adversário, o brasileiro acabou expulso e pode não entrar em campo no clássico contra o Real Madri.

Desde o início deste ano, Neymar trocou de chuteira. Hoje, usa um modelo Mercurial Vapor 11 Motion Blur Pack, de cores rosa e branca, da Nike. O par custa US$ 207 (cerca de R$ 600) em lojas na internet, e o calçado é conhecido pela leveza.

O jornal espanhol Mundo Deportivo dedicou uma reportagem de página inteira ao assunto, onde nota que as trocas acontecem frequentemente entre os "20 ou 30 primeiros minutos de jogo", o que seria puro marketing.

Nas redes sociais, torcedores dão sugestões ao craque. Alguns já recomendaram que Neymar procure um podólogo, enquanto outros sugerem que, com as duas semanas que deve pegar de gancho, por ser sido expulso, o jogador compre calçados que lhe agradem de uma vez por todas.

Segundo o jornal catalão Sport, o técnico Luis Enrique foi questionado sobre a quantidade de trocas feitas por Neymar com suas chuteiras. O treinador negou que fosse algo ligado a marketing.

"Isso acontece porque ele sente incômodo", disse o técnico na coletiva.

 

MAIS SOBRE:

futebolNeymarBarcelonaNikeFutebol
Comentários