Twitter do Atlético-GO cita Bolsonaro e clube alega ser alvo de hackers

Clube afirma que 'não expressa apoio ou críticas a nenhum candidato'

Relacionadas

O Atlético Goianiense entrou em uma polêmica no último fim de semana, quando publicou em sua página oficial do Twitter  o nome do deputado Jair Bolsonaro e afirmou ter sido vítima de hackers.

+ Parceria do Palmeiras com a Puma anima torcida alviverde; veja a repercussão

+ Neymar posta fotos de quando era criança nas redes sociais

+ Nova terceira camisa do Corinthians deve homenagear Ayrton Senna

Nas redes sociais, os torcedores não perdoaram a publicação e divulgaram o post mesmo após a exclusão. Com a repercussão, o Atlético Goianiense publicou uma nota: "Esta noite fomos alvo de um ataque de hacker. Mas as medidas estão sendo tomadas. Não expressamos apoio ou críticas a nenhum candidato, pois o intuito das redes sociais do clube é levar informação e interação ao torcedor rubro-negro."

Nos comentários os fãs do clube continuaram com as piadas: "Pelo menos esse hacker tem bom gosto", "mantém o hacker", "agradecer a internet por nos proporcionar coisas como essa", "então estou indo embora", escreveram.

Em campo, o Atlético Goianiense vem de uma derrota para o Iporá por 3 a 1 nesta quarta-feira, em partida válida pelo Campeonato Goiano. 

Confira os posts:

 

 

MAIS SOBRE:

FutebolAtlético Clube GoianienseJair Bolsonaro
Comentários