Vampeta cita Rocky Balboa para comparar Cristiano Ronaldo e Messi

Conhecido pela irreverência, pentacampeão também citou os 5 melhores que viu jogar

Relacionadas

Vampeta ataca mais uma vez. Desta vez, o ex-volante do pentacampeonato mundial de 2002 fez uma citação pouco comum para comparar Messi e Cristiano Ronaldo. Em entrevista ao Esporte Ponto Final, Vampeta fez referência ao filme Rocky IV para falar sobre a diferença de estilo entre o argentino e o português. Para o ex-jogador do Corinthians, o atacante do Barcelona é “genial” e supera CR7 pela inteligência.

“Sempre coloco os dois como Rocky 4. Tem um russo que corre, estoura cadeira, é preparado para dar soco e chutar. Esse é o Cristiano Ronaldo, que também é preparado para cabecear, chutar e é obcecado por recordes. Mas a bola jogada, o QI, a agilidade é toda do Messi. É como o Rocky que se prepara, corre no gelo, ginga. Sou fã do Messi”, disse.

Vampeta ainda fez uma lista dos cinco melhores que viu jogar. O primeiro é justamente Messi. Na sequência, aparecem Maradona, Ronaldo, Romário e Iniesta. Todos ligados ao Barça. 

“O Messi é o melhor. Tive a chance de ver com meus olhos. O Maradona também acompanhei durante a Copa de 1986, o que ele fez nesse Mundial e no Napoli foi de outro mundo. Tive chance de jogar com Ronaldo e Romário. Falavam que o 'Baixinho' só jogava dentro da área, mas não. Vinha de trás, buscava a bola e fazia tabela. O Fenômeno, com todas as lesões, conseguiu ser três vezes melhor do mundo", afirmou.

Por também ter atuado no meio-campo, o penta falou especialmente sobre o espanhol, que recentemente deixou o time da Catalunha para defender o Vissel Kobe, do Japão.

"Deixei o Iniesta por último por atuar no meio de campo. Quatro vezes campeão europeu, campeão mundial com a Espanha, fazendo gol do título. É o mais admirado de todos que jogam atualmente”, analisou.

O “Velho Vamp” também elegeu os cinco melhores de sua posição: Toninho Cerezo, Falcão, Gerrard (ING), Pirlo (ITA) e outro não tão conhecido. Trata-se de Moacir, que jogou na Seleção e em grandes clubes como Atlético-MG e no Corinthians. “Comecei a carreira querendo ser um Moacir”, lembrou.

 

 

MAIS SOBRE:

FutebolVampetaMessiCristiano Ronaldofutebol
Comentários