Van Dijk conta história de quando quase morreu devido a uma apendicite

Zagueiro do Liverpool também revela suas inspirações no esporte e comenta sobre dinheiro pago pelo Liverpool em sua transferência

Relacionadas

Se hoje Van Dijk é considerado um dos melhores zagueiros do mundo e foi premiado como melhor jogador do Campeonato Inglês, a carreira do holandês não foi sem grandes percalços. Em abril de 2012, quando estava no Gröningen, o atleta do Liverpool esteve perto de morrer após o rompimento do apêndice. Ele relembrou o episódio em entrevista à revista inglesa FourFourTwo.

"Me lembro de tudo que aconteceu. Não vou mentir. Senti muito medo. Poderia ter morrido. Era minha primeira vez morando longe de casa. Eu não sabia cozinhar, então, comia muita besteira. Estava me sentindo mal durante toda a semana, e foi quando eu senti. Minha apêndice rompeu completamente. Foi muito ruim, a dor era terrível. Me levaram para o hospital e passei por cirurgia imediatamente. Era algo muito sério. Eu poderia ter morrido", relatou Van Dijk.

Nesta época, Van Dijk jogava no Gröningen, de seu país natal. Depois, ainda passou por Celtic e Southampton até chegar ao Liverpool, onde faz excelente temporada. Para contratá-lo, o time de Jürgen Klopp pagou 75 milhões de euros (R$ 330 milhões, na cotação atual), o maior já pago em um zagueiro. Van Dijk também comentou sua saída do Southampton.

"O mercado é assim agora. Quando aconteceu, eu abaixei a cabeça e continuei jogando. Eu havia voltado de uma lesão no tornozelo que me deixou afastado por oito meses, e havia muita pressão, já que o Southampton estava mal. As pessoas falavam que meu nível não era mais o mesmo. Mas tudo acontece por um motivo, eu só queria mostrar o que era capaz de fazer", opinou.

Muito celebrado pelos torcedores do Liverpool, que já criaram uma música para ele, Van Dijk também disse se inspirar em grandes estrelas do esporte e do basquete em campo. "Olho para LeBron James no basquete e Tom Brady na NFL. São verdadeiros líderes, estão entre os melhores em seus esportes. Sofrem muita pressão todos os dias, mas mostram o que seus colegas de time devem fazer", afirmou.

MAIS SOBRE:

futebolVirgil Van DijkLiverpool Football Clubapendicite
Comentários