VAR marca pênalti depois do apito final em vitória do United pelo Inglês

Equipe treinada por Solskjaer empatava com o Brighton até o fim do jogo, quando o VAR foi acionado

Relacionadas

O Manchester United entrou em campo neste sábado (26) para enfrentar, fora de casa, o Brighton, em seu segundo jogo pelo Campeonato Ingês nesta temporada.

A partida estava empatada em 2 a 2, quando após uma cobrança de escanteio, que favorecia a equipe de Manchester, o árbitro Chris Kavanagh decidiu encerrar o duelo. Inconformados, os atletas do United se dirigiram ao árbitro para reclamar um possível toque no braço de Maupay, do Brighton, após o cabeceio de Maguire.

Neste momento, entrou em ação o VAR, que, checando as imagens, indicou ao árbitro a penalidade máxima, mesmo com a partida já encerrada.

De acordo com a regra, se os times ainda estiverem em campo, a arbitragem pode reiniciar a partida para a marcação de alguma infração identificada pelo árbitro de vídeo.

Apontado o pênalti, o português Bruno Fernandes foi para a cobrança e deu números finais à partida, com vitória do Manchester United por 3 a 2. São os primeiros três pontos somados pela equipe treinada pelo dinamarquês Ole Gunnar Solskaer.

MAIS SOBRE:

futebolCampeonato Inglês de FutebolManchester United Football ClubBrighton & Hove Albion Football Club
Comentários