VAR rouba a cena na partida entre Grêmio e Flamengo pela Libertadores e agita web

Três gols da equipe rubro-negra foram anulados na noite desta quarta-feira

O empate por 1 a 1 entre Grêmio e Flamengo nesta quarta-feira, pelas semifinais da Libertadores, ficou marcado por três gols anulados da equipe rubro-negra. A utilização do VAR na partida acabou ganhando repercussão nas redes sociais.

Foram anulados dois gols ainda na primeira etapa. Os tentos de Everton Ribeiro, aos 21 minutos, e Gabigol, aos 23. Nas duas ocasiões o VAR foi decisivo. O primeiro lance mostrou um  empurrão de Gabigol em Kannemann no início da jogada.

O terceiro gol anulado do Flamengo aconteceu aos 34 minutos da segunda etapa, quando Arão bateu cruzado na área, Gabigol entrou nas costas de Galhardo e marcou mais um, cancelado por impedimento e checado pelo VAR.

Confira a repercussão:

 

O time que vencer o duelo de volta marcado para 23 de outubro estará classificado à final, mas o Flamengo leva alguma vantagem para o duelo no Maracanã, pois, além de ser o mandante, avança com o placar de 0 a 0. Mas igualdades a partir de 2 a 2 são favoráveis ao Grêmio. E novo 1 a 1 leva o duelo aos pênaltis.

Na outra semifinal, o River Plate venceu o Boca Juniors por 2 a 0 em casa e agora defenderá a sua vantagem em 22 de outubro, no estádio de La Bombonera. E a decisão da Libertadores, em jogo único, está agendada para 23 de novembro, em Santiago.

MAIS SOBRE:

futebolFlamengoGrêmioLibertadores [Copa Libertadores da América]arbitragem esportiva
Comentários