Vida do goleiro Danilo, da Chapecoense, vai virar documentário

Diretor garante que obra é de ficção e não será centrada na tragédia ocorrida na Colômbia

Relacionadas

O goleiro Marcos Danilo Padilha, o Danilo, da Chapecoense, uma das vítimas da tragédia na Colômbia, vai ter a vida contada em um filme, que deve ser lançado em 29 de novembro do ano que vem - dois anos após o desastre. A produção, que será anunciada na próxima terça, em Chapecó, terá o ator Kleber Toledo, da Rede Globo, como o protagonista.

Menos de 1 ano após acidente, Follman se casa em Chapecó; fotos e vídeos

Sobrevivente da tragédia da Chapecoense homenageia vítimas com tatuagem

O filme, chamado simplesmente de "Goleiro", será dirigido por Thiago Di Melo e será lançado também na Colômbia. O diretor, Thiago Di Melo, diz que a obra não será focada na tragédia, mas sim na vida de Danilo. "Não queremos tristeza, vamos mostrar um guerreiro", afirmou o diretor ao portal Globoesporte. Ele classificou a obra como uma 'ficção baseada em fatos reais'.

 "Não aborda como plano central a tragédia, muito menos pós-tragédia. É um filme que fala da superação de um jogador de futebol, que veio de uma família pobre e conquistou o objetivo. É algo que se assemelha a vida de todos os jogadores", diz Melo, que afirma ter a concordância dos familiares dos jogadores.

Recentemente, a Justiça de Santa Catarina decidiu suspender a divulgação de um outro documentário envolvendo a Chape, "O Milagre de Chapecó", que narra a história do acidente aéreo que matou 71 pessoas, ano passado, na Colômbia. A própria equipe entrou com ação alegando que não autorizou a produção. 

As filmagens devem começar após a Copa do Mundo do ano que vem.

MAIS SOBRE:

futebolChapecoenseColômbia [América do Sul]Copa do Mundo Rússia 2018 [futebol]
Comentários