Vídeo: jogador usa braço do adversário para se agredir e simular falta

Argelino Ramy Bensebaini, jogador do Rennes, inovou na maneira de fingir uma infração

Relacionadas

Se você acha que já viu de tudo, se prepare que vamos provar que não. Um lance bizarro marcou uma das quartas de final da Copa Africana de Nações nesta quinta-feira, entre a Argélia e a Costa do Marfim. Ramy Bensebaini, jogador do francês Rennes, resolveu inovar na maneira de fingir uma falta.

Diferente de Gabigol no último jogo do Flamengo, ele não simulou um contato. Pelo contrário, ele conseguiu realmente se agredir por vontade própria. Não entendeu nada? O argelino estava marcando o atacante Wilfried Zaha, do Crystal Palace, quando pega o braço de seu rival e se dá um tapa no rosto.

Enquanto disputavam a bola, Bensebaini se bateu e se jogou no chão, implorando para o árbitro da partida mostrar o cartão vermelho para o rival Wilfried Zaha. Nada feito. Após empatarem em 1 a 1 no tempo regular, a Argélia se deu melhor e se classificou para as semis, onde vai enfrentar a Nigéria no próximo domingo.

O marfinense Wilfried Zaha está sendo especulado no Arsenal. Sem ter poder aquisitivo para pagar os quase 90 milhões de euros (R$ 379 milhões) que o Crystal Palace pede pelo camisa 9, o britânico The Sun afirma que a estratégia do clube está sendo colocar na mesa 45 milhões de euros (R$ 189,5 milhões) mais três jogadores: Calum Chambers, Mohamed Elneny e Carl Jenkinson.

MAIS SOBRE:

futebolCopa Africana de NaçõesArgélia [África]Costa do Marfim [África]
Comentários