Vídeo: Mané comete gafe e corre antes de ajoelhar em protesto contra racismo

Atacante do Liverpool não estava atento para repetir gesto dos companheiros de time e adversários

Relacionadas

Em todos os jogos na retomada do Campeonato Inglês, os atletas estão ajoelhando quando o juiz dá o apito inicial, em protesto contra o racismo e a violência policial após a morte do norte-americano George Floyd. Mas, aparentemente, esqueceram de avisar o atacante Sadio Mané, do Liverpool, antes do clássico contra o Everton.

Ao ouvir o apito do juiz, Mané saiu correndo em direção ao campo adversário, enquanto colegas de time e rivais se ajoelhavam. Percebendo a gafe, o atacante senegalês volta ao campo do Liverpool e se ajoelha como os colegas. Confira no vídeo.

O jogo acabou empatado em 0 a 0, adiando em mais um jogo o provável título do Liverpool. A equipe vermelha lidera o Campeonato Inglês com 83 pontos, 23 a mais que o segundo colocado, o Manchester City. Já o Everton é o 12º, com 38 pontos.

SEM PÚBLICO?

Como precaução contra o coronavírus, os jogos estão sendo realizados sem a presença das torcidas. Ou nem tanto. No clássico deste domingo, estiveram presentes no estádio Kenny Dalglish, ídolo do Liverpool, e Tim Cahill, centroavante australiano querido pela torcida do Everton.

Outro ponto que chamou a atenção durante o jogo foi a sonoplastia do Goodison Park, estádio do Everton. O sistema de som tocou até vaias em caso de faltas, sons de alívio quando o goleiro Pickford realizava uma defesa e aplausos durante uma substituição - mesmo nas do Liverpool.

MAIS SOBRE:

futebolSadio ManéLiverpool Football ClubEverton [Everton Football Club]racismo
Comentários