Vivo envia carta ao Palmeiras, pede desculpas e parabeniza pelo deca

Funcionário da operadora de telefonia gerou polêmica ao fazer piada com os títulos do clube

Relacionadas

O presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, recebeu uma carta da Vivo nesta sexta-feira. A operadora de telefonia pede desculpas ao clube pelo vídeo que viralizou nas redes sociais fazendo piada com os títulos do clube e parabeniza a conquista do decacampeonato brasileiro.

"A Vivo pede desculpas à Sociedade Esportiva Palmeiras e aos torcedores que se sentiram ofendidos pelo vídeo que circulou ontem nas redes sociais. O conteúdo em questão foi retirado de uma apresentação interna, feita por um funcionário. Ele foi reproduzido fora de seu contexto e não representa a opinião da Vivo", informa a empresa.

"A empresa reitera seu respeito pela instituição e parabeniza os seus milhões de torcedores em todo o mundo pela campanha vitoriosa que levou o clube ao decacampeonato brasileiro em 2018", completa a Vivo.

A carta, destinada para Galiotte, foi assinada por Eduardo Navarro, CEO da Telefônica Brasil, e Christian Gebara, COO da companhia.

O vídeo que viralizou nas redes socais gerou polêmica e até um pedido de boicote à Vivo feito pelos palmeirenses. As imagens registradas durante um evento corporativo da empresa exibem um funcionário questionando a Aura, o sistema de inteligência artificial da companhia, sobre quantos títulos brasileiros tem o Palmeiras. Como resposta, o programa reagiu: "Há casos em que a matemática não parece fazer sentido".

Por meio de uma nota oficial, a Vivo já havia se pronunciado sobre o caso, afirmando que a brincadeira não representa a opinião de seu presidente ou da empresa.

 

 

MAIS SOBRE:

FutebolPalmeirasVivo
Comentários