'Vovô levado' diz que estadual está chato e não vai a 'clássico vovô'

Torcedor do Fluminense que escapou de casa e foi flagrado pela família no Engenhão critica novo horário de jogos, às 21h45

Relacionadas

O clássico do Rio entre Fluminense e Botafogo é conhecido como "clássico vovô" - mas a partida desta noite, às 21h45, no Engenhão, não terá a presença do "vovô levado".

Seu Orly Pimentel Ribeiro, o simpático senhor de 84 anos que escapou de casa sem ninguém saber e foi ao Engenhão ver a final da Taça Guanabara entre seu time, o Fluminense, contra o Flamengo, não gostou do novo horário dos jogos e não vai ao estádio.   

"O jogo vai ser muito tarde. Se fosse no horário original, de 18h, eu tentaria ir. Mas esse horário novo é tarde demais para mim", disse ele ao jornal Extra. Durante o dia, seu Orly vende doces na rua.

Há outro motivo pela qual o 'vovô levado' não vai ver a partida: para ele, o estadual do Rio está chato porque o Fluminense 'já é campeão". "É o melhor time do Brasil, cara. Já sei que nós seremos campeões", diz. "Eu quero ver o Fluminense sempre, é o time que eu amo, mas esse campeonato está chato, por isso que ninguém quer ir".

Depois de ficar famoso em todo o Brasil por causa de sua história, o vovô levado conheceu, há alguns dias, a sede do Flu, nas Laranjeiras, a convite do clube.

MAIS SOBRE:

futebolFluminenseBotafogoFlamengo
Comentários