Web não perdoa 'prisão' de Messi: 'Vai fazer companhia pro Aécio'

Craque argentino foi condenado a ficar 21 meses preso por causa de crimes fiscais, mas transformará em multa

Relacionadas

A Suprema Corte da Espanha manteve a pena de 21 meses de prisão a Lionel Messi, craque do Barcelona, por três crimes fiscais. O argentino foi condenado em primeira instância em julho de 2016 pela sonegação de 4,1 milhões de euros (aproximadamente R$ 15 milhões), referentes aos anos de 2007 a 2009, quando obteve lucros não declarados de mais de 10 milhões de euros (R$ 36,5 milhões). O jogador, no entanto, não corre risco de ser preso. Pelo código criminal espanhol, penas inferiores a 24 meses podem ser transformadas em multas.

Apesar dele não precisar ir para trás das grades por causa do crime, as redes sociais não perdoaram a atitude do argentino. Muita gente o comparou aos políticos envolvidos na Operação Lava Jato, enquanto outros "pediram" para que ele faça menos gols e pare de ganhar o prêmio de melhor do mundo, o que ele já conquistou cinco vezes na carreira. Confira algumas reações:

MAIS SOBRE:

Futebol Messi Barcelona Operação Lava Jato Eurico Miranda Bruno Cristiano Ronaldo Futebol Messi
Comentários