Wendell Lira brinca que só volta ao futebol real se for pelo Flamengo

Vencedor do Prêmio Puskas de 2015, ex-jogador agora aposta nas partidas de vídeo games

Depois do sucesso ao vencer o Prêmio Puskas da Fifa, pelo gol mais bonito de 2015, Wendell Lira decidiu se aposentar do futebol e se dedicar apenas aos video games. Em entrevista ao UOL, publicada nesta sexta-feira, o ex-atacante do Goianésia revelou que já recebeu diversas ofertas para retornar aos gramados, mas que voltará somente se um determinado clube o chamar. 

"Até hoje, recebo muitas propostas. Mas sem chances. Eu até brinco quando as pessoas perguntam: 'E se o Flamengo te ligar?'. Flamengo, eu aceitaria, porque é meu time de coração, até aceitaria. Mas não teria porque voltar a jogar, minha condição física não permite jogar em alto nível. Eu penso que consegui marcar meu nome na história do futebol mundial. Não posso sujar tudo que consegui fazer. Foram anos jogando e de dedicação, cirurgia, recuperações e consegui fazer algo muito bonito no futebol. Preferi sair deixando algo bonito. Preferi sair do futebol deixando algo bonito. Não vou voltar por ego, vaidade, só porque fui eleito melhor do mundo."

Lira também contou sobre os últimos cinco anos, o que, segundo ele, foram os de maior dificuldade da carreira, quando não recebia o pagamento do clube que defendia e apenas não passou fome devido à ajuda que recebeu da mãe e do sogro. 

"Mas eu acho que ano passado foi mais difícil, tinha uma filha, ela precisava das coisas e eu não tinha condição de dar uma roupa nova, um leite, poder comprar fralda para ela. Momento mais apertado que senti, senti muito mal, como ser humano, como pai. Foi momento que decidi trabalhar com minha mãe, dar sustento melhor para minha filha porque não quero passar por isso não. Fui agraciado com esse prêmio porque mudou minha vida e posso dar uma vida melhor para ela", declarou ao portal. 

MAIS SOBRE:

futebolFutebolFifa
Comentários