Xhaka explica briga com torcedores do Arsenal: 'mataremos sua esposa'

Meia xingou o público e jogou a camisa do clube no chão na última rodada do Inglês

Relacionadas

O capitão do Arsenal Granit Xhaka deu seu explicação para sua briga com torcedores do Arsenal durante substituição da partida do último fim de semana, em empate com o Crystal Palace, por 2 a 2, pelo Campeonato Inglês. Irritado com as vaias, o jogador albanês, que defende a Suíça, deixou o gramado xingando os espectadores e jogou a camisa do clube no chão.

Em carta, divulgada pelo clube londrino, o jogador disse que sua revolta se deu depois vários meses de ataque nas redes sociais. "Pessoas disseram coisas como 'quebraremos suas pernas', 'mataremos sua esposa', 'tomara que sua filha tenha câncer'. Isso me irritou muito e eu cheguei ao meu limite no último domingo."

Mais calmo, Xhaka reforçou seu amor pela equipe e que vai dar 100% dentro de campo. "Me deixei levar pela situação e agi de forma desrespeitosa aos torcedores. Não era minha intenção e peço desculpas se assim entenderam", disse.

O meia ainda fez um pedido os torcedores: "Meu desejo é que voltemos a um estado de respeito mútuo, principalmente lembrando o motivo pelo qual amamos este esporte. Seguimos em frente, juntos".

MAIS SOBRE:

futebolArsenal Football Club [Inglaterra]Campeonato Inglês de FutebolGranit Xhakatorcida
Comentários