Zagueiro da Bolívia tem morte cerebral após cirurgia de hérnia de disco

Equipe médica será processada por negligência e má-prática

Relacionadas

O zagueiro boliviano Paúl Burton, de 24 anos, não resistiu a uma cirurgia de hérnia de disco feita no último dia 24 e teve morte cerebral na tarde desta terça-feira, segundo informações da Agência Boliviana de Informação, equivalente à Agência Brasil. Ele atuava no Oriente Petrolero, clube da cidade de Santa Cruz de la Sierra que joga na terceira divisão do Campeonato Boliviano.

A cirurgia teve complicações após o rompimento de uma artéria do coração. Burton estava na terapia intensiva há duas semanas. 

Ao anunciar a morte cerebral do zagueiro, o advogado do jogador, Robin Justiniano, afirmou que vai processar a clínica por negligência e má-prática médica. "Paúl sofreu morte cerebral, tudo porque a clínica trocou os médicos, que não souberam conduzir bem o caso", afirmou a agência. 

 

MAIS SOBRE:

FutebolBolíviaMorte Cerebral
Comentários