Zagueiro do Corinthians chora perda de amigos da Chapecoense

Vilson defendeu time catarinense até o fim de 2015 e mantinha contato com vários jogadores do ex-clube

Relacionadas

Emocionado e carregando uma camisa da Chapecoense, o zagueiro Vilson do Corinthians concedeu entrevista coletiva no CT Joaquim Grava, na manhã desta quarta-feira.  

- Cara, difícil até falar. Ontem e hoje o pensamento é só neles, nos familiares. Por ser uma cidade pequena a gente estava sempre unido, o presidente Sandro Pallaoro fazia confraternizações, queria grupo e família unidos. É uma dor muito grande, sonhos interrompidos de um grupo muito alegre e feliz. Era o que eu via ano passado, a alegria de vencer continuou forte esse ano e eles mostraram nos jogos, na Sul-Americana. Formei irmãos ali, porque era uma luta pelos mesmos ideais. A gente fica muito triste pelo acontecido", disse o zagueiro que defendeu o clube catarinense até o fim do ano passado.  

 

 

 

MAIS SOBRE:

FutebolFutebolChapecoenseCorinthians
Comentários