Zidane é poético para definir CR7: 'Palavras não fazem justiça à qualidade dele'

Treinador se rendeu ao talento do maior artilheiro da história do Real Madrid

Relacionadas

Zidane está mesmo encantado com Cristiano Ronaldo. Tanto é que o técnico do Real Madrid afirmou nesta sexta-feira que "não há palavras que façam justiça à qualidade de Cristiano Ronaldo", um jogador que já marcou mais de 400 gols desde que chegou ao clube e que, para o treinador francês, é capaz de tudo quando está dentro de campo.

"São alguns números incríveis, mas com ele tudo é possível, sobretudo marcar gols. Somos inteligentes e às vezes ele precisa jogar um pouco menos. Não é porque ele não esteja fisicamente preparado, mas porque quer chegar à fase final da temporada na melhor condição possível", indicou Zidane em entrevista ao site da Uefa, falando sobre suas impressões para a decisão da Liga dos Campeões contra a Juventus, elogiando o adversário, clube pelo qual jogou antes de assinar com os espanhóis e explicou que a rotação do craque português foi uma decisão tomada em conjunto. "Ele jogou muito neste ano, mas foram poucas as vezes em que ele ficou fora para descansar. Agora está em um estado de forma fantástico. Não se trata só deste ano, é um acúmulo de todas as temporadas de sua carreira, nas quais ele jogou 60 ou 70 jogos. Chega um ponto que você tem que respirar um pouco", indicou.

Apenas uma semana após celebrar o título do Campeonato Espanhol com o Real Madrid, Zidane agradeceu a oportunidade de comandar o time, uma tarefa que não considera fácil. "Passei três ou quatro anos me preparando para estar pronto para ser técnico, mas o que conseguimos se deve, sobretudo, ao fato de termos jogadores maravilhosos. Eles compraram a mensagem de que todo mundo é importante e isso é o que estamos mostrando. Agora nos falta o obstáculo mais difícil de superar. Mas, ao mesmo tempo, é o obstáculo mais maravilhoso", afirmou.

Perguntado sobre a última vez em que Real Madrid e Juventus se encontraram na decisão da Liga dos Campeões, há 19 anos, em Amsterdã, quando ele era jogador da equipe italiana e ficou sem o título, Zidane afirmou que derrotas como aquela são momentos tristes na carreira de qualquer atleta, mas que é preciso aceitá-los. "Todas as carreiras deixam bons e maus momentos. Simplesmente sou feliz de ter conseguido ganhar a competição depois com o Real Madrid", afirmou Zidane, que aproveitou a entrevista para elogiar seus adversários. "Allegri mostrou que está entre os melhores técnicos do mundo, reconstruindo e melhorando a 'Juve'. Buffon é um líder natural, que foi um jogador extraordinário em toda sua carreira".

MAIS SOBRE:

Futebol Real Madrid Zidane Amsterdã Campeonato Espanhol Cristiano Ronaldo Uefa Liga dos Campeões Buffon Futebol Juventus Football Club
Comentários