Barbarians doam R$ 54 mil para projeto social de rúgbi em Paraisópolis

Equipe enfrentou seleção brasileira de rúgbi na quarta-feira e ainda está no Brasil

Relacionadas

Os Barbarians, que enfrentaram a seleção brasileira de rúgbi na quarta-feira, ainda estão no Brasil e fizeram uma doação de 10 mil libras, cerca de R$ 54 mil, para o projeto social Rugby Para Todos, que fica na comunidade de Paraisópolis, em São Paulo. O anúncio foi feito durante visita dos jogadores ao local onde a modalidade é praticada por crianças carentes.

"Esse projeto dá para cada pessoa a chance de encontrar um propósito em suas vidas fora da comunidade. É um projeto fantástico", ressaltou John Mitchell, técnico do Barbarians, que esteve no campo do Palmeirinha, em Paraisópolis, acompanhado dos jogadores Josh Strauss, Hencus Van Wyk, Mathieu Bastareaud, Tyler Ardron e Luke Jones.

Após uma pequena cerimônia, o Chairman dos Barbarians, John Spencer, ofereceu a doação ao projeto e formalizou o compromisso de continuar acompanhando e apoiando o Rugby Para Todos. "Foi uma visita diferenciada, que deixa um legado para o rúgbi brasileiro como um todo. A forma deles encararem os desafios e o respeito com nossos atletas é a mensagem que eles deixam", disse Muarício Draghi, diretor do Rugby Para Todos.

Durante a visita do Barbarians, cerca de 150 crianças tiveram contato com alguns dos melhores jogadores do mundo. Entre os atletas brasileiros que acompanharam o evento estavam Josh, Buda, Maranhão, Bergo e Gelado. Eles participaram de uma clínica com os meninos e meninas de idades variadas do projeto social em Paraisópolis.

MAIS SOBRE:

rúgbiBarbarians
Comentários