Brasileira é tricampeã mundial de kitesurfe e crava seu nome no esporte

Bruna Kajiya se tornou a segunda atleta com maior número de títulos da modalidade

Relacionadas

A paulista Bruna Kajiya foi coroada tricampeã mundial de kitesurfe na tarde de domingo, 10, na Praia de Cumbuco, Ceará, e se tornou a segunda atleta com maior número de títulos do esporte, somente atrás da espanhola Gisela Pulido, hexacampeã mundial. A vitória veio após a direção de prova cancelar a etapa por falta de vento, no último dia da janela de competição. Com o cancelamento, a direção de prova consagrou campeões de 2017 os líderes do ranking até o momento.

“Ser tricampeã mundial é um sonho que se torna realidade. Eu trabalhei demais pra isso. Dei tudo de mim! E ser campeã em casa ainda, é a cereja em cima do bolo. É uma sensação incrível estar no Brasil e uma honra como atleta fazer parte da história do meu esporte dentro do meu País. Estou feliz demais!”, afirmou Bruna.

 

 

This was my goal, this IS my dream! 3 X World Champ baby, what a journey Braaaaaasil, mais um título pra casa Pic by @romantsovaphoto

Uma publicação compartilhada por Bruna Kajiya (@brunakajiya) em

 

Além de Bruna, que havia somado 3000 pontos nas últimas quatro etapas, à frente de Annabel van Westerop, de Aruba (2.520), e da italiana Francesca Bagnoli (2.390), no masculino, outros dois brasileiros subiram ao pódio. Carlos ‘Bebê’ Mário levou o título, com 2.538 pontos e Set Teixeira, com 2.368, foi o terceiro colocado. O espanhol Liam Whaley terminou 2017 com o vice-campeonato.

Confira o bate-papo que o Fera teve com Bruna Kajiya quando ela ainda estava em busca do seu terceiro caneco

 

MAIS SOBRE:

radicaiskitesurfekitesurfeBruna KajiyaCeará [estado]
Comentários