Cachorro de corrida campeão é flagrado com cocaína em anti-doping

Clonbrien Hero foi diagnosticado com a substância em três exames diferentes, um deles no mesmo dia da final de tradicional torneio nacional

Relacionadas

Nos últimos anos, a maior polêmica no mundo esportivo foi o uso de substâncias proibidas que aumentam o desempenho dos atletas. Mas esse problema não parece afetar apenas os humanos. 

Atual campeão da Irish Laurels, uma das corridas mais tradicionais da Irlanda, Clonbrien Hero, cachorro da raça Greyhound, foi flagrado em três exames diferentes com benzoilecgonina, isto é, o principal metabólito da cocaína. 

 

 

De acordo com o jornal Irish Examiner, o resultado foi obtido em três exames diferentes, em 24 de junho e 1 e 22 de julho. O último teste, inclusive, foi realizado no dia do Irish Laurels, torneio que ele conquistou com larga vantagem sobre o segundo colocado. 

A Irish Greyhound Board (IGB), entidade responsável por organizar a modalidade no país, reteve o prêmio de 30 mil euros (R$ 111 mil) do torneio e baniu o cachorro de competir até que um novo teste seja feito. 

 

 

Ao jornal britânico The Times, o treinador Graham Holland afirmou que Clonbrien Hero pode ter sido contaminado de forma acidental. "Você pode ficar com traços de cocaína trocando dinheiro. Quando um cachorro ganha uma corrida, as pessoas ficam andando com ele, o cumprimentando na cabeça. Se elas têm cocaína na mão, podem passar para o cachorro e isso aparece no exame de urina", disse Holland. 

"Nós nos sentimos vítimas de algo que não fizemos", adicionou o técnico. "Se você sabe que vai ser testado após vencer a corrida, você não vai administrar cocaína para um cachorro. Eu treino Greyhounds há 30 anos e agora estou sendo acusado de dopá-los."

 

 

MAIS SOBRE:

corrida de cachorroIrlanda [Europa]
Comentários