Campeã paralímpica é internada para passar por eutanásia

Marieke Vervoort sofre de uma tetraplegia progressível incurável desde os 14 anos

Relacionadas

Campeã paralímpica nos Jogos de Londres, Marieke Vervoort se internou no Hospital Universitário de Bruxelas para passar pelo processo de eutanásia. Medalhista na Rio-2016, a belga assinou o termo para receber e injeção letal ainda em 2008, mas somente agora passará pelo procedimento.

+ Casagrande defende que Robinho não deveria ter mercado no Brasil

+ QUIZ: Você sabe o que aconteceu no mundo das lutas em 2017?

+ Quatro anos após acidente, família gastou R$ 90 milhões com Schumacher

Em entrevista ao jornal The Telegraph, Vervoort diz que sente fortes dores e explica sua decisão: "Não quero sofrer mais, isso é muito difícil para mim. A cada dia me deprimo mais e mais. Nunca tive esses sentimentos, mas não posso mais com isso. Nunca experimentei estes sentimentos, estou chorando muito", conta.

A ex-atleta sofre de uma tetraplegia progressível incurável desde os 14 anos. Ela alega que desde criança tem desmaios e dores. Para amenizar a situação, precisa de altas doses de medicamentos. Vervoort ainda perdeu parte da visão e afirma que não consegue ter quatro horas consecutivas de sono.

MAIS SOBRE:

GeralParalimpíada
Comentários