Campeão com os Patriots, jogador irá doar todo seu salário na NFL a estudantes

Atualmente no Philadelphia Eagles, Chris Long destinará seus próximos dez cheques a quatro instituições

Relacionadas

Campeão do último Super Bowl com o New England Patriots, Chris Long, hoje defensive do Philadelphia Eagles, irá doar todo o restante do seu salário nesta temporada da NFL para estudantes necessitados. 

Neste ano, Long receberá ao todo 16 cheques, sendo dez até o final da temporada. Os seis primeiros, ele já doou para bancar duas bolsas de estudos de jovens de sua cidade natal, Charlottesville, na Virgínia, palco de protestos de supremacistas brancos em agosto

 

+ Após comentários sexistas, astro da NFL perde um de seus patrocinadores

+ Cam Newton se desculpa por sexismo: 'Não sejam como eu, sejam melhores que eu'

 

Segundo o site especializado Spotrac, Long receberá ao todo US$ 2,25 milhões (R$ 7,14 milhões) nesta temporada, sendo US$ 1 milhão (R$ 3,17 milhões) em salários. O defensive end assinou com os Eagles contrato de dois anos e US$ 6,5 milhões (R$ 20,64 milhões), sendo US$ 500 mil (R$ 1,58 mihão) de luvas e outro US$ 1,5 milhão (R$ 4,76 milhões) garantidos. 

"Minha mulher e eu somos apaixonados pela educação como uma maneira de ascensão e igualdade. Eu acho que todos podemos concordar que igualdade na educação pode ajudar a modificar mudanças que todos queremos ver nesse país", afirmou à Associated Press

 

 

Long está lançando a campanha Pledge 10 for Tomorrow, que pede doações para aumentar o acesso à educação. Ex-jogador do St. Louis Rams e dos Patriots, ele selecionou quatro organizações nas três cidades que já atuou. Estas instituições têm como missão focam em tornar a educação mais acessíveis a jovens com poucas oportunidades. A cidade que conseguir arrecadar mais fundos ganhará uma doação adicional de US$ 50 mil (R$ 158,78 mil). 

"Há muitas oportunidades para ajudar e são ótimas organizações. Nós temos uma grande plataforma para jogadores de futebol americano e espero que os torcedores também apoiem", completou. / COM INFORMAÇÕES DA AP

 

 

MAIS SOBRE:

futebol americanoNFLChris LongPhiladelphia EaglesCharlottesville [Estados Unidos]
Comentários