Campeão de sinuca fica surpreso que série Chernobyl seja baseada em fatos reais

Sucesso da HBO foi baseado em explosão de reator em usina nuclear na União Soviética, o que é novidade para Neil Robertson

Relacionadas

Neil Robertson pode ser um jogador de classe mundial na sinuca, tendo sido campeão mundial em 2010, mas, pelo visto, não iria bem em uma prova de história recente do mundo. O australiano admitiu que no Twitter que não sabia que os fatos retratados na série Chernobyl, da HBO, sobre a explosão da usina nuclear na Ucrânia (então União Soviética) eram baseados em fatos reais.

"Acabei de terminar Chernobyl. Wow, isso foi fantástico! Não tinha ideias de que era verídico até o clipe final", twittou Robertson sobre a aclamada série. Na sequência, uma avalanche de piadas dos seguidores passaram a acontecer.

Alguns perguntaram se ele vivia numa bolha. Outros sugeriram que ele deveria ter passado por situações parecidas ao ver filmes como Titanic ou A Lista de Schindler, que também são baseados em fatos reais. Houve quem dissesse que um dos melhores jogadores de sinuca do mundo tem menos neurônios que um peixe que realmente estava em Chernobyl.

Robertson tentou se explicar posteriormente. "Por que isso? Nunca foi falado na escola na Austrália e eu certamente não ouvi ninguém falar sobre desde que me mudei para a Inglaterra", contou. Ele viveu na Austrália até os 21 anos.

Caso você também não saiba do que se trata o assunto, a série Chernobyl retrata a explosão do reator 4 da usina nuclear de mesmo nome, ocorrido na então União Soviética em 26 de abril de 1986. Foi o maior desastre nuclear da história e a maior liberação de material radioativo na natureza. 46 pessoas morreram diretamente por causa da explosão, que também causou cerca de seis mil casos de câncer na tireoide em pessoas da região.

MAIS SOBRE:

SinucaHBO [canal de televisão]usina nuclear
Comentários