Campeão olímpico no Rio fica a 25 segundos de fazer história na maratona

Eliud Kipchoge correu a prova em 2h00min25 durante evento na Itália

Relacionadas

O queniano Eliud Kipchoge, de 32 anos, é um dos homens mais rápidos do mundo e provou isso no Rio de Janeiro, quando ficou com a medalha de ouro na maratona. Neste sábado, porém, ele ficou muito perto de bater um recorde histórico. Correndo no autódromo de Monza, na Itália, o atleta tinha a missão de correr os 42,195 km de uma maratona em menos de duas horas. Ele não conseguiu, mas por apenas 20 segundos.

Em uma prova não homologada pela IAAF, uma empresa de materiais esportivos colocou os homens mais rápidos do mundo frente a frente na esperança de buscar a marca. Além de Kipchoge, o etíope Lelisa Desisa, duas vezes vencedor em Boston, e o eritreo Zersenay Tadese, recordista mundial da meia maratona, também estavam competindo.

Para romper a barreira das duas horas em maratona, eles tinham que superar em 2,5% o recorde mundial de Dennis Kimetto, que em setembro de 2014 venceu a Maratona de Berlim com um tempo de 2h02min57. O queniano até conseguiu superar esse tempo, mas não o suficiente para atingir seu objetivo. Tadese terminou em 2h06min48, enquanto Desisa completou a prova 14 minutos depois que o vencedor.

MAIS SOBRE:

Atletismo Eliud Kipchoge Rio de Janeiro IAAF Itália Boston Atletismo Maratona Olimpíada
Comentários