Ceará quebra recorde com 596 kitesurfistas velejando juntos

Marca quebrada neste domingo, na praia do Cumbuco, supera as 423 pessoas do recorde anterior

Relacionadas

O Ceará faz valer a fama de referência no kitesurfe mundial e ratifica seu posto ao quebrar o recorde mundial ao lançar ao mar 596 kitesurfistas ao mesmo tempo, durante um percurso de 2 quilômetros. O feito aconteceu neste domingo na praia do Cumbuco, distante 33km de Fortaleza, durante o evento Winds for Future. A marca superou o antigo recorde, que era de 423 pessoas, em Hayling Island, no sul da Inglaterra

Desde o início da manhã, os velejadores de todo o mundo já ocupavam a faixa de praia para se prepararem para o recorde. Às 13h, foi dado o sinal para que os grupos entrassem no mar e iniciassem o desfile de velas que coloriu o céu da praia. Às 16h, a contagem foi encerrada e teve início a apuração do quantitativo e verificação do cumprimento das regras do Guinness World Records.

Para o cofundador do Winds for Future, Igor Juaçaba, a conquista é resultado do engajamento de kitesurfistas, empreendedores, sociedade civil e governo do Ceará. “É uma emoção enorme fazer parte deste momento. Quando idealizamos o evento, sabíamos que faríamos algo diferente, que balançaria a estrutura de nossas vidas e de tantas outras pessoas. É um recado para dizer: o Ceará é uma potência. Uma potência de vida, de oportunidades, de visão”, comemora.

Para o secretário-chefe da Casa Civil, Élcio Batista, que também fez parte do grupo de velejadores que atingiu o recorde, o dia 22 de setembro de 2019 marca a história da modalidade no Estado. “Hoje, juntos, projetamos o Ceará e o Brasil no cenário mundial. Fizemos e entramos para a história, que foi construída com muita empatia, inovação, tecnologia, desenvolvimento sustentável. Reunimos visionários de diferentes idades, todos os que querem se reinventar no trabalho. Pensamos no impacto positivo de nossas ações e como isso irá alavancar a marca do nosso Estado", diz Batista.

MAIS SOBRE:

kitesurfeCeará [estado]
Comentários