Cielo, Fratus e outros nadadores brasileiros se encontram com o Papa

Atletas participaram de evento na residência oficial de Francisco, no Vaticano

Relacionadas

A delegação brasileira de natação está em Roma para a disputa do Trofeo Sette Colli, entre 23 e 25 de junho, torneio que serve como preparação para o Campeonato Mundial de Natação, na Hungria, no próximo mês. Neste sábado, 24, Cesar Cielo, Bruno Fratus, Nicholas Santos e Etiene Medeiros tiveram um dia especial, já que puderam conhecer o Papa Francisco.  

Os representantes do País estiveram em um evento que reuniu cerca de 50 nadadores na Sala Clementina, no Palácio Apostólico, a residência papal oficial, no Vaticano. Lá, ouviram de Francisco sobre a importância do esporte, especialmente o deles. 

 

 

Pertinho do Papa

Uma publicação compartilhada por Cesar Cielo (@cesarcielof) em

 

"São valores necessários nesta sociedade definida líquida, sem referências sólidas. Seu esporte é feito na água, mas não é líquido, é muito sólido pois requer esforços constantes e determinação", declarou o pontífice. 

Medalhista de ouro nos 50m livre nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, e de bronze em Londres, em 2012, Cesar Cielo publicou uma selfie onde o Papa Francisco aparece ao fundo. Já Bruno Fratus, finalista na mesma prova em Londres e no Rio de Janeiro, em 2016, colocou uma imagem sua segurando uma sunga amarela na qual estava escrita "Papa Francesco", nome do líder religioso em italiano. 

A peça foi um presente da Federação Italiana de Natação (FIN) ao pontífice. Além da sunga amarela, a entidade também entregou outra sunga e uma touca brancas e um uniforme completo do time italiano.

 

 

It was that kind of day, thank you so much @federnuoto for the opportunity. #onceinrome

Uma publicação compartilhada por @brunofratus em

 

 

MAIS SOBRE:

natacaoCesar CieloPapa FranciscoBruno Fratus
Comentários