Corinthians, Cristiano Ronaldo, Suárez: queimadas repercutem no esporte

Clube e atletas pedem orações e ação para proteger a Floresta Amazônica

Relacionadas

Depois de repercutir na imprensa brasileira, as queimadas na Amazônia chegaram ao conhecimento dos canais internacionais e, logo, das celebridades. Entre elas, é claro, as do esporte: Cristiano Ronaldo e Luis Suárez foram dois dos atletas que postaram sobre a situação. Aqui no país, o Corinthians foi o time de futebol que se manifestou.

O alvinegro paulistano postou um gif no qual o mapa do Brasil que tem no escudo solta fumaça do norte do país. Escreveu apenas hashtags pedindo orações pela Amazônia.

Cristiano Ronaldo descreveu um pouco mais a situação. "A Floresta Amazônica produz mais de 20% do oxigênio do mundo e esteve queimando pelas últimas três semanas. É nossa responsabilidade salvar nosso planeta", escreveu, junto com uma foto de uma queimada e um pedido de oração.

Suárez pediu orações e desejou força ao 'pulmão do mundo', convocando os seguidores a lutar para defender a floresta.

Veja as outras manifestações:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Pray for Amazonia

A post shared by Kylian Mbappé (@k.mbappe) on

Quem também se manifestou foi o pentacampeão da Fórmula 1 Lewis Hamilton, que ouviu uma resposta atravessada do brasileiro Lucas di Grassi. Antes deles, Daniel Alves, camisa dez do São Paulo e capitão da seleção brasileira, já havia pedido mais cuidados com o meio ambiente e alertado que a destruição pode se virar contra nós mesmos.

No basquete, o jogador Kyle Kuzma usou as redes sociais para se manifestar. O atleta divulgou uma imagem do seu tênis com a palavra "Amazônia". "A Amazônia é uma grande parte do nosso oxigênio", escreveu na legenda.

 

MAIS SOBRE:

futebolFloresta AmazônicaCristiano RonaldoLuis SuárezCorinthiansincêndio florestal
Comentários