Dança de astro da NFL deixa rivais 'constrangidos' e 'enfurecidos'; veja

Defensores do New York Jets não gostaram nem um pouco da dança da vitória de Marshawn Lynch, do Oakland Raiders

Relacionadas

Um dos principais personagens da NFL, Marshawn Lynch está de volta nesta temporada para alegria de todos. Todos, exceto os adversários.

Logo no começo do último quarto da partida deste domingo, 17, contra o New York Jets, com o placar em 35 a 13 para o Oakland Raiders, o "Beast Mode" não se conteve por jogar pelo time da sua cidade e, ao som de "Oakland", de Vell e DJ Mustard, não economizou nos passos da dança. 

 

 

Capturada pelo telão do Oakland Alameda-Coliseum, a empolgação de Lynch tomou conta da torcida, que seguiu no ritmo. O vídeo da dança do running back também se espalhou rapidamente pelas redes sociais, com reações diversas. 

Na linha da reprovação, os jogadores do New York Jets não gostaram nem um pouco da cena que se sentiram "constrangidos e "enfurecidos". Eles, no entanto, reconheceram que Lynch estava em seu direito de comemorar a vitória. 

 

 

 

"Isso dá nos nervos", disse o linebacker nova iorquino Jordan Jenkins. "Quando vi acontecendo, foi irritante. Me deixou muito bravo. Sou um cara das antigas, não gosto quando coisas desse tipo acontecem. Foi constrangedor, perder daquele jeito e ver Marshawn dançando", afirmou após a derrota dos Jets por 45 a 20. 

"Ótimo jogador, mas ver aquilo acontecendo, isso deveria irritar o time inteiro. Deveria instigar a todos e deveríamos ter uma resposta melhor no próximo domingo", completou Jenkins, como citado pela ESPN

O também linebacker Darron Lee entendeu o lado de Lynch, mas não escondeu a frustração. "É a casa deles, eles podem fazer o que bem entenderem. Mas como um competidor, como um defensor, você não gosta de ver esse tipo de coisa. É desmoralizante, mas temos que nos reerguer e continuar lutando." 

Para o nose tackle Steve McLendon, o time ficou triste "porque parecia que ele estava esfregando na nossa cara". "Mas eles está ganhando, cara. Ele pode fazer o que quiser." 

Por fim, Jenkins afirmou não ter ficado bravo com Lynch em si, mas com a situação. "Ele (Lynch) conquistou cada pedaço do que fez hoje. Não vou tirar isso dele. Claro, vou ficar muito bravo pela dança e tal, mas isso é esporte. Não há nada de antidesportivo nisso." 

Desde que saiu da aposentadoria, esta foi a primeira partida do running back em sua cidade natal. Na partida, ele somou 45 jardas em 12 corridas, incluindo um touchdown de duas jardas que deixou o placar em 21 a 10 para os Raiders. Os melhores momentos dele no jogo (incluindo a dancinha) podem ser vistos aqui

 

 

MAIS SOBRE:

futebol americanonflMarshawn LynchOakland Raiders
Comentários