Em bate-papo descontraído, Galvão relembra molecagens com Ayrton Senna

Dupla chegou a colar óculos de empresário com Super Bonder e encher sapatos de piloto concorrente com gel de barbear, relembrou o locutor em entrevista ao canal 'Senna TV'

Relacionadas

O locutor Galvão Bueno marcou presença no Senna TV, canal oficial do piloto transmitido pelo YouTube, mantido pelo Instituto Ayrton Senna. Com muito bom humor e risadas, Galvão relembrou vários episódios engraçados que viveu ao lado do tricampeão de F-1, numa amizade que durou muitos anos. Disse até mesmo que ganhou de Senna o apelido de 'papagaio'. "Por que será, né?", brincou. "Nós nos divertíamos demais".

Galvão relatou que sobrou até mesmo para Armando Botelho, empresário e amigo do piloto de longa data. "Uma vez a gente passou Super Bonder nos óculos do Armando", revelou o locutor global. E continuou: "também teve a viagem de trem no Japão, quando o Berger dormiu e o Ayrton jogou um gel de barbear para mim e eu enchi o sapato dele (o austríaco Gerhard Berger, ex-piloto de F-1) de gel", contou.

Mas, segundo Galvão, Berger tentou dar o troco algumas corridas depois. "Recusei um suco de laranja oferecido pelo Josef (Leberer, preparador físico de Berger e Senna na McLaren), e depois fiquei sabendo que tinha remédio para dormir! Já pensou se fico dormindo na cabine de transmissão? Bom, tem gente que até ia gostar de não me ouvir", brinca o locutor.

Quando relembrou os principais momentos da carreira do amigo, Galvão afirmou que Senna foi "o maior corredor que o mundo já conheceu". Para ela, "Senna era uma figura extremamente querida e brincalhona com os amigos e ainda tinha essa preocupação de gerar emprego, com a questão social e com a paixão de ser brasileiro".

Confira abaixo as duas partes da entrevista de Galvão Bueno ao Senna TV:

 

MAIS SOBRE:

velocidadeAyrton SennaAutomobilismoVelocidade
Comentários