Em livro, ex-ginasta conta como foi de atleta a sem-teto e depois a atriz pornô

Verona van de Leur chegou a ficar dois meses presa por extorsão, após ter ganhado medalhas em Mundiais

Relacionadas

A holandesa Verona van de Leur tem apenas 33 anos de idade, mas já viveu o suficiente para lançar sua biografia. Ginasta promissora no começo da década de 2000, a ex-atleta também já morou na rua, e saiu dessa situação após se tornar atriz de filmes adultos.

Aos 16 anos, Verona foi medalha de prata no categoria geral no Campeonato Europeu, ficando atrás apenas da russa Svetlana Khorkina, em 2002, estrela do momento. Naquele ano, ela foi prata no Mundial e ouro na Copa do Mundo, ambos no solo, e foi eleita a melhor atleta holandesa.

Mas, depois disso, a carreira dela não decolou como esperado e ela abandonou a ginástica em 2008. Segundo Van de Leur, essa decisão acabou acentuando os conflitos familiares com seus pais, que acabaram expulsando-a de casa. Ela processou os pais, alegando que eles ficaram com o dinheiro que ela havia ganhado com a ginástica, e ganhou, mas gastou o dinheiro rapidamente em hotéis onde se hospedava com o namorado.

Os dois acabaram indo morar em um carro - como não tinha endereço, não conseguia achar trabalho nem receber ajuda de programas governamentais. Verona e o namorado utilizavam o banheiro de um estacionamento público para fazer as necessidades e, se juntavam dinheiro, pagavam a entrada de um ginásio para poder tomar banho. Também cometiam furtos para ter o que comer.

Van de Leur acabou sendo presa após tentar extorquir uma mulher casada que fotografou traindo o marido - mas o advogado conseguiu livrá-la da acusação depois de passar 72 dias presa. Foi então, em 2011, que ela recebeu o convite para ser atriz pornô.

"Me ofereceram uma quantidade que eu não podia recusar. Isso podia me dar um futuro com o qual sempre havia sonhado", justificou-se Van de Leur ao jornal espanhol Marca. Ela segue no cinema adulto, mas diz ter intenção de sair do ramo no final de 2019, quando acabam seus contratos.

Assim, a holandesa lançou a versão em inglês de sua biografia, 'Simply Verona', recentemente, e projeta uma volta ao esporte - mas a Federação Holandesa de Ginástica parece reticente já que, além da história pregressa, van de Leur também denunciou alguns abusos físicos e mentais que sofreu enquanto era atleta de elite, junto com outras três ex-ginastas, o que não foi levado a sério pela Federação.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Have a nice day

Uma publicação compartilhada por Verona van de leur (@veronagymnast2) em

MAIS SOBRE:

livrobiografia [gênero literário]ginástica artísticaVerona van de Leur
Comentários