Empresas de frete se recusam a ajudar franquia da NFL que mudará de cidade

Moradores de San Diego seguem revoltados com a mudança dos Chargers para Los Angeles

Relacionadas

Revoltados com a mudança do San Diego Chargers para Los Angeles, os donos de empresas de frete de San Diego se uniram e anunciaram que não irão ajudar os Chargers a moverem seus pertences para Los Angeles. Isto é, não aceitaram o trabalho caso sejam contatadas pela diretoria da franquia. 

Essas empresas ainda criaram um site chamado WeWontMoveYouChargers.com (em português, NósNãoVamosMoverVocêsChargers.com), onde explicam a medida. "Nós decretamos, a partir de agora, que nos uniremos como uma classe perfeita de fretistas em consenso para não auxiliar na mudança do San Diego Chargers para Los Angeles", diz o voto no site. 

Os empresários sabem que a medida não afetará a decisão da diretoria do clube. "Nós apenas queremos mostrar um pouco de lealdade ao San Diego Chargers antes que eles realmente se tornem o Los Angeles Chargers", ironizou Ryan Charles, vice-presidente de marketing da HireAHelper, uma das pioneiras na manifestação, em entrevista ao jornal San Diego Union Tribune

Na última quinta-feira (12), o presidente Dan Spanos confirmou que o San Diego Chargers se mudaria para Los Angeles a partir da próxima temporada da NFL. A decisão não foi nem um pouco bem aceita pelos moradores de San Diego, que apoiaram a franquia por 55 temporadas. Horas depois do anúncio, torcedores jogaram fora e atearam fogo às camisas do time. 

MAIS SOBRE:

futebol americanonflsan diego chargersEstados Unidos
Comentários