Entenda por que estão dizendo que o iFood comprou o Super Bowl

Aplicativo ofereceu descontos a cada touchdown da final deste domingo

Relacionadas

Até quem não gosta de futebol americano estava animado com o Super Bowl. Seja pelo show do intervalo, pelos trechos de filmes divulgados ou até mesmo pelas promoções envolvendo a grande final da NFL. Ao menos nesse último caso, as expectativas foram frustradas.

Para animar as torcidas do New England Patriots e do Los Angeles Rams, o iFood fez uma parceria com a ESPN, detentora dos direitos de transmissão no Brasil, para dar descontos aos telespectadores que acompanhavam o jogo e que queriam pedir comida pela plataforma. 

De acordo com o número da camisa de cada jogador que marcasse um touchdown, os clientes teriam descontos equivalentes em reais. Exemplo: caso o atleta número 86 pontuasse, os consumidores teriam desconto naquele momento de R$ 86,00. 

No entanto, a promoção valia até o intervalo principal do jogo e os três primeiros quartos foram bastante parados: nenhum touchdown foi marcado em 45 minutos. Na verdade, os três primeiros pontos do jogo só foram marcados com um fieldgoal aos 10:29 do segundo quarto - o que não se enquadrava na ação do aplicativo.

Desanimados, os internautas repercutiram a promoção nas redes sociais. Confira abaixo: 

 

MAIS SOBRE:

futebol americanoSuper BowliFood
Comentários