Ex-jogador da NFL é preso acusado de ameaçar família com espada de samurai

Charlie Rogers estava embriagado e ameaçou matar a vítima e seu filho no estacionamento de uma escola

Relacionadas

Charlie Rogers, ex-jogador da NFL, foi preso após ameaçar uma família com uma espada de samurai. De acordo com o jornal USA Today, o atleta estava embriagado e a prisão aconteceu na última segunda-feira (12), enquanto o ato criminoso foi praticado em 5 de outubro, no estacionamento de uma escola, na cidade Aberdeen, em Nova Jersey.

Segundo o jornal, uma testemunha afirmou que Rogers estava "dirigindo com uma espada samurai em seu carro, bêbado". "Ele ainda vai machucar alguém. Ele está literalmente balançando a espada, tentando acertar um cara", disse na ligação ao serviço de emergência.

Quando a polícia chegou ao local, Rogers já havia fugido. A queixa original foi emitida em 2 de novembro e o ex-jogador se apresentou às autoridades apenas no dia 12 de novembro. De acordo com a polícia que investiga o caso, o "acusado ameaçou matar a vítima e seu filho com o propósito de colocá-lo em iminente medo de morte sob circunstâncias racionais fazendo a vítima acreditar no imediatismo da ameaça e a probabilidade de que ela fosse realizada".

Rogers chegou a ser solto no dia seguinte, mas foi indiciado por posse de arma para propósito ilícito, posse de arma, ameaças terroristas e perseguição na última semana. A audiência do caso ainda não foi agendada.

Em sua carreira como atleta ele atuou como running back pela universidade de Gerogia Tech, defendeu o Buffalo Bills e o Miami Dolphins. 

 

 

MAIS SOBRE:

GeralNFL [Liga de Futebol Americano]Charlie Rogersagressão físicabasquete
Comentários