Federação iraniana expulsa enxadrista por não usar véu durante torneio

Irmão da jogadora também foi punido por disputar partida contra um competidor de Israel

Relacionadas

A Federação de Xadrez do Irã anunciou a expulsão de dois jogadores por terem se comportado de "forma inadequada" no torneio Tradewise Gibraltar Chess Festival, realizado entre 23 de janeiro e 2 de fevereiro, em Gibraltar. As informações são do portal India Today.

Um dos banidos é a enxadrista Dorsa Derakhshani, de 18 anos, que teria desobedecido a entidade ao participar da competição sem cobrir os cabelos com um véu. O outro é o irmão da jogadora, Borna Derakhshani, de 15 anos, banido por ter disputado uma partida contra um garoto natural de Israel. Ambos se inscreverem de forma independente no evento.

"O primeiro passo será privá-los de participar de qualquer partida no Irã e em nome do Irã, e eles não terão a chance de integrar o time nacional", disse um dos dirigentes da federação iraniana, Mehrdad Pahlevanzadeh.

De acordo com a Federação Mundial de Xadrex (FIDE, na sigla original), Dorsa é a segunda do ranking nacional e a 24ª  no asiático. Já seu irmão é o sexto no país e o 37º no continente.

 

MAIS SOBRE:

XadrezIsraelIrã
Comentários