Foto de jogadora de hóquei amamentando no vestiário gera polêmica na internet

Canadense Serah Small lamenta críticas à imagem dela alimentando a filha Ellie, de apenas 8 semanas

Relacionadas

A jogadora de hóquei no gelo Serah Small, que também é professora na cidade de Alberta, no Canadá, jamais imaginou que uma foto sua amamentando a filha Ellie, de apenas dois meses, geraria tamanha repercussão. No último dia 26, um site especializado em amamentação compartilhou a imagem enviada por Serah que mostra a atleta alimentando sua bebê no vestiário, durante o intervalo de uma partida.

+ Jogadores são expulsos de clube na Venezuela por maltratarem um gato

+ Segurança filma suposto fantasma em estádio na Argentina: 'quero ir embora'

+ Golaço de bicicleta de Cristiano Ronaldo faz torcida rival aplaudir; assista

O clique na página da Milky Way Lactation Services já havia gerado, até esta manhã, quase quatro mil curtidas e mais de 1,3 mil compartilhamentos. Nem todos os comentários, porém, foram favoráveis, o que fez Serah lamentar o episódio.

"Eu estou com tanto medo de publicar uma foto que eu adoro. Por quê? Porque a sociedade transformou os seios em algo sexual", comentou a jogadora, que explicou como tudo aconteceu durante a partida. "Eu senti o leite vazando enquanto jogava e, no intervalo, aproveitei para alimentar o meu bebê de oito semanas de idade". disse a atleta.

Segundo a canadense, as companheiras de time consideraram o gesto algo absolutamente natural. "Nós continuamos nos arrumando. Não foi nada demais. As meninas acham que ela é muito fofa. Então foi isso, é algo normal", afirmou, à rede CBC News.

Apesar de reações negativas no Facebook - algumas pessoas, por exemplo, consideraram desnecessário ela ter tirado toda a parte de cima da roupa para amamentar a criança -, Serah se disse realizada por poder compartilhar com outras mães aquele momento.

"Ser mãe é algo absolutamente maravilhoso e eu fico tão feliz por poder fazer algo que eu amo enquanto ainda atendo as necessidades do meu bebê. Os nossos corpos são incríveis e foi a primeira vez que eu realmente valorizei o meu corpo", disse.

MAIS SOBRE:

HóqueiHóquei
Comentários