Guilherme Costa: 'Quero bater o recorde brasileiro e o sul-americano'

Nadador já fez a melhor marca do ano no Brasil nos 1.500 m livre

O nadador Guilherme Costa está com fogo nos olhos. O atleta, que acabou de completar 18 anos, quer chegar nos Jogos de Tóquio, em 2020. "Quero bater o recorde brasileiro e o sul-americano. Acho possível. Estou focado nisso", disse em uma entrevista ao Estadão.

O atleta da Universidade de Santa Cecília (Unisanta) morava em Itaguaí, na região metropolitana do Rio, levava mais de uma hora para chegar ao local de treino. Após se mudar, as coisas melhoraram - inclusive nas piscinas. 

Costa chamou atenção ao fazer a melhor marca do ano no Brasil nos 1.500 m livre. "Desde o ano passado eu estava tentando. Em abril, teve o Troféu Maria Lenk, mas não consegui bater. Na época, eu treinava só três vezes por semana com meu técnico. Mas, a partir de junho, passei a treinar todos os dias", conta Guilherme.

MAIS SOBRE:

nataçãoguilherme costaBrasil
Comentários