Após retirar tumor cerebral, heroi do Mundial brasileiro de futsal volta às quadras

Neto, herói da conquista do Brasil no Mundial de futsal de 2012, vai participar de jogo-homenagem após delicada operação

Relacionadas

Considerado o melhor jogador de futsal do mundo em 2012, quando conquistou o título mundial com a Seleção Brasileira, Neto, que descobriu há cerca de 40 dias que tinha tumores no cérebro, vai voltar às quadras.

O retorno do jogador acontece no próximo dia 23, em São Sebastião do Paraíso (MG), na partida entre o Atlético-MG de 1997 e a ADC Intelli de 2012/13. Será um jogo-homenagem a outro craque brasileiro da modalidade, o ex-jogador Vinícius, o "eterno capitão", bicampeão mundial, com quem Neto conviveu por muitos anos, na Seleção. 

Aproveitando a oportunidade, o exemplo de perseverança de Neto também vai entrar em quadra. "Sem dúvidas vai ser muito especial rever o Neto. Primeiro pela admiração que tenho pela pessoa e profissional que é e por ter superado esse desafio", disse Vinícius.

Segundo o relato do portal ESPN, tudo aconteceu muito rápido com o jogador. Ele treinava normalmente em seu clube, o Kairat Almaty, do Cazaquistão, quando sofreu um desmaio e algumas convulsões. Horas depois estava a caminho do Brasil diagnosticado com um tumor no cérebro.

"É claro que assustei muito ao saber da notícia, mas sempre fui muito positivo e por isso não me abalei em momento algum. Foi tudo muito rápido, mas encarei da melhor forma possível", disse o jogador que passou por uma cirurgia para a retirada do tumor na cabeça, no último dia três de fevereiro, e volta a jogar em tempo recorde.

MAIS SOBRE:

futsalFutsal
Comentários