Hexacampeã mundial de natação diverte italianos nas redes sociais

Federica Pellegrini aposta no bom humor das redes sociais para amenizar angústia da quarentena no país

Relacionadas

A Itália é atualmente o país mais afetado pelas consequências do novo coronavírus (COVID-19). O país registra mais de 74.000 casos da doença, sendo que mais de 7,5 mil pessoas já morreram. Em meio a esse cenário de horror, Federica Pellegrini, uma das maiores nadadoras da história do país, tenta arrancar sorrisos de seus conterrâneos.

Em sua conta oficial do Instagram, a hexacampeã mundial de 200 e 400 metros livres postou um vídeo no qual está dormindo e, repentinamente, acorda por conta de um aviso sonoro, que pede para que a atleta se prepare para entrar na piscina. Na legenda Pellegrini escreveu: "Fé ... Fé ... Acorda ... Eles deram o anúncio ... Vamos parar de dramatizar um pouco".

Na última quarta-feira (25), a nadadora, de 31 anos, anunciou que adiará o final de sua carreira para participar da Olimpíada de Tóquio, adiada para 2021 por conta da pandemia da COVID-19. "Sinto-me dividida. Por um lado, só de pensar que tenho de nadar mais um ano... não consigo acreditar. Parece uma piada. Mas, ao mesmo tempo, não consigo parar", disse a atleta.

A nadadora, que detém o recorde mundial dos 200 metros, afirmou a imprensa italiana que irá reformular todo seu planejamento de treinos e que, se a data de adiamento fosse estabelecida para 2022, não teria mudado seus planos.  "Vamos ver se o corpo deixa. Se os Jogos tivessem sido adiados para 2022, teria de manter a minha decisão de parar. Já não teria condições", concluiu.   

MAIS SOBRE:

nataçãocoronavírusFederica Pellegrini
Comentários