Jogador da NFL doa salário anual de R$ 3 milhões para ajudar crianças 

Chris Long usa dinheiro para apoiar projetos de educação

Relacionadas

Chris Long, do Philadelphia Eagles, abriu mão do seu salário anual de R$ 3,1 milhão, na cotação atual, para ajudar crianças. O jogador criou uma campanha que levanta fundos para apoiar projetos de educação.

+ Técnico do Palmeiras faz treino físico e precisa de ajuda para se recuperar

+ Luis Suárez faz homenagem a Lugano em rede social; confira

+ Time faz vídeo inspirado em 'Game of Thrones' para anunciar Eto'o; veja

Para explicar a iniciativa, que funciona nas cidades de St. Louis, Boston e Filadélfia, Long relembrou as situações racistas que aconteceram em agosto de 2017, quando grupos de supremacistas brancos insultarem e agredirem negros e grupos antirracismo em Charlottesville, cidade norte-americana.

 "Assistimos às pessoas invadirem as ruas da cidade com ódio e fanatismo. Decidi tentar enfrentar o problema com investimento próprio. Nossa cidade é maravilhosa, e acho que as pessoas ficaram com uma impressão errada sobre os cidadãos de Charlottesville", contou durante entrevista a ESPN.

A ideia começou com o auxílio para duas crianças durante sete anos, até a conclusão do ensino médio. Para isso, Long usou o dinheiro de seus seis primeiros jogos no campeonato. 

 

MAIS SOBRE:

geralNFL [Liga de Futebol Americano]
Comentários