Jogador da NFL sobe monte mais alto da África para anunciar aposentadoria

Haloti Ngata também estendeu faixa com trocadilho, afirmando que deixava a liga 'no topo'

Relacionadas

Haloti Ngata, um dos melhores jogadores de defesa da NFL na última década, anunciou que irá se aposentar de uma forma curiosa. Aos 35 anos, ele subiu o monte Kilimanjaro, o mais alto da África e que está localizado na Tanzânia, para fazer o anúncio, além de postar uma foto nas redes sociais e fazer uma piada sobre a próxima temporada.

"Apenas um homem de pé no topo do mundo com o coração cheio de gratidão. Obrigado, Senhor, por me deixar jogar o jogo que amo por 13 anos inesquecíveis. Eu estou me aposentando no topo. Eu posso ter parado de jogar futebol, mas estou mantendo as amizades, memórias e sabedoria que ganhei ao longo do caminho. 'Ninguém que dá o seu melhor se arrepende. Saindo sem arrependimentos, só paz em saber que dei tudo que tinha e me diverti muito fazendo isso", escreveu na legenda.

Na foto que postou na montanha de 5.895 metros, há alguns detalhes. O atleta estendeu uma faixa com os logotipos das três franquias que defendeu: Baltimore Ravens (2006-14), Detroit Lions (2014-17) e Philadelphia Eagles (2018). Além disso, na faixa também estava escrito: 'Estou saindo da liga no topo', fazendo um trocadilho.

Ngata venceu uma vez o Super Bowl, em 2013, quando atuava pelo Baltimore Ravens. Na ocasião, a equipe bateu o San Francisco 49ers por 34 a 31. Também foi eleito para o Pro Bowl (jogos das estrelas) cinco vezes e esteve no primeiro time do All Pro (lista dos melhores da temporada por posição) duas vezes.

MAIS SOBRE:

futebol americanoNFL [Liga de Futebol Americano]Kilimanjaro
Comentários