Jogador se casa um ano após ter sido preso por agredir brutalmente sua ex

Atleta teve seu contrato rescindido pelo atual clube após imagens da agressão terem sido divulgadas

Relacionadas

Em 2016, o venezuelano Danry Vasquez tinha 22 anos e era jogador de beisebol, por um time do Texas, nos Estados Unidos, quando foi preso sob a séria acusação de ter agredido fisicamente sua namorada. Pouco mais de um ano depois, Vasquez ficou de joelhos e pediu outra mulher em casamento. Ela disse "sim". Em entrevista ao site El Emergente, ele explicou o passado. "Atualmente eu sou casado, mas não com a garota com quem tive o incidente".

Esporte Interativo sobre repórter assediada ao vivo: 'Não é mimimi'

Neymar e outros atletas prestam homenagens a Marielle Franco

Após invasão de gato, jogadores do Bayern postam selfie com animal

Tudo parecia ir bem, o jogador conseguiu até uma vaga no Lancaster Barnstormers. Mas na semana passada, no entanto, a Justiça americana divulgou o vídeo do crime de 2016. Nas imagens é possível ver o venezuelando dando vários golpes contra Fabiana Perez e a arrastando pela escada do estádio do Corpus Christi Hooks, o Whataburger Field.

Atenção: Imagens fortes

Por conta disso, o atual clube do atleta decidiu rescindir seu contrato. Dirigentes não sabiam do ocorrido. "Depois de terem tido conhecimento da natureza do incidente, os Barnstormers tomaram uma decisão imediata para cortar os laços com o defensor externo de 24 anos", informou a equipe em comunicado. Ele foi demitido.

Nesta quinta-feira, no entanto, o site TMZ , que trata de celebridades, informa que Fabiana, a mulher agredida, ficou ao lado do jogador após as agressões, pedindo aos promotores que não dessem continuidade as acusações e insistindo que havia sido um acidente isolado. "Ela nunca o desculpou por isso, só o amou o suficiente para acreditar que eles poderiam avançar (num relacionamento)", contou o advogado de Danry ao canal do site. 

MAIS SOBRE:

BeisebolEstados Unidos [América do Norte]Justiçacasamentomulheragressão físicabeisebol
Comentários