Alunos nos EUA são acusados de estupro em trote no futebol americano

Ato de violência sexual teria ocorrido durante o Halloween no Estado de Maryland

Relacionadas

Nesta semana, mais um caso de assédio sexual foi delatado nos Estados Unidos. Desta vez, as alegações vieram de um time de futebol americano de juniores. Cinco jogadores do Damascus High School, escola de ensino médio que fica no Estado de Maryland, estão sendo acusados por abuso durante as celebrações de Halloween.

O relatório policial obtido pelo jornal The Washington Post revela que os meninos trancaram no vestiário outros quatro rapazes, que têm entre 14 e 15 anos, apagaram as luzes e os atacaram. Uma vassoura também teria sido usada durante o ato de violência sexual.

Os estudantes ouvidos pela polícia mostram que o assédio com cabos de vassoura era algo já instalado na escola e usado como uma espécie de trote nos novatos. Uma das vítimas conta que já tinha ouvido falar do ritual, mas acreditava que era apenas uma "uma lenda urbana".

Afirmaram, ainda, que os oficiais da escola disseram que as alegações envolvem jogadores de futebol americano do colégio atacando colegas de time. O documento obtido pela reportagem, no entanto, segue o procedimento padrão de todos os jovens acusados, o de não identificar os nomes dos rapazes. 

A publicação explicou que uma das acusações mais graves é a de estupro. No caso de ser categorizada como primeiro grau, pode incluir o agravante de que os agressores usaram armas ou colocarm as vítimas com medo de perderem sua vida. A punição é de prisão perpétua.

No caso da acusação minoridade, os resultados são outros. Um especialista entrevistado pelo periódico norte-americano diz que a punição pode variar entre reabilitação, prisão em unidades juvenis ou monitoramente por tornozeleira eletrônica.

"O sistema juvenil, em geral, não gosta de prender crianças com menos de 16 anos, a menos que tenham feito algo realmente sério", comenta Paul Zmuda, advogado de defesa de Rockville e ex-promotor ao jornal.

 

MAIS SOBRE:

GeralEstados Unidos [América do Norte]crime sexual [Assédio Ato libidinoso Corrupção de menor Estupro]ensino médiofutebol americano
Comentários