JUBs terá minuto de silêncio em homenagem às vítimas de ataque em Goiânia

Confederação Brasileira do Desporto Universitário divulgou nota lamentando o crime ocorrido no Colégio Goyases

Relacionadas

Goiânia viveu dois momentos opostos na manhã da última sexta-feira, 20. Enquanto acontecia o primeiro dia de competições do Jogos Universitários Brasileiros (JUBs),  um adolescente de 14 anos entrou no Colégio Goyases com uma arma escondida na mochila a abriu fogo contra colegas, matando dois garotos e ferindo outros quatro, três meninos e uma menina.

A Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) divulgou uma nota de pesar e, em respeito às vítimas, decidiu que os jogos deste sábado, 21, serão iniciados com um minuto de silêncio. 

+Com arma da mãe PM, aluno de 14 anos mata 2 e fere 4 em escola de Goiânia

A Polícia Militar goiana vai instaurar um procedimento administrativo para apurar as circunstâncias em que o jovem conseguiu a arma. De acordo com o tenente-coronel Marcelo Granja, porta-voz da PM, a arma usada é da corporação e estava sob a guarda da mãe do garoto.

À tarde de sexta, uma faixa com os dizeres “Família Goyases em luto” foi fixada na porta de entrada do colégio. À noite, grupos colocaram velas em frente à escola, como homenagem às vítimas.

Nenhum dos feridos tem previsão de alta e, na manhã deste sábado, o estado de saúde de uma das meninas ainda é considerado grave. 

 

MAIS SOBRE:

JubsJogos Universitários BrasileirosColégio Goyases [Goiânia]Goiânia [GO]
Comentários