Mania no Brasil, jogo de fuga lança sala sobre falcatruas no futebol

Escape 60 é um verdadeiro fenômeno entre os jovens em São Paulo e no Rio

Relacionadas

O futebol, uma das maiores paixões nacionais, acaba de virar mais uma forma de entretenimento. Isso porque o Escape 60, especialista em jogos de fuga, em que os participantes precisam seguir dicas e desvendar alguns mistérios para finalmente conseguir a "liberdade", desenvolveu a primeira sala inspirada no esporte: Jogo Sujo. A novidade chega à unidade de Moema, em São Paulo, no dia 6 de março, e, em 20 de março, à unidade de Copacabana, no Rio de Janeiro.

A história se passa dentro de um vestiário de um time de futebol, o Escape 60 Futebol Clube. Para entrar na vibração do jogo, os participantes assumem o papel de jogadores do time campeão que recusaram a proposta do rival, o Esporte Clube Taguá, de entregar o placar na final do campeonato. Para se vingar, o polêmico diretor de futebol, o milionário Dragão Filho, acionou uma bomba no momento da comemoração do Escape 60 Futebol Clube, no vestiário. A partir daí, é necessário decifrar códigos e enigmas para desativá-la, em até 60 minutos. Assim como os outros ambientes, o espaço foi pensado para transportar seus participantes a um mundo lúdico e misterioso, sem interferências do mundo real, onde cada pista leva à solução final. Para resolver o enigma, os participantes precisam correr contra o relógio. Nessa sala, é possível jogar em uma equipe de, no mínimo, quatro e, no máximo, oito pessoas.

Os ingressos para as salas são vendidos exclusivamente pelo site www.escape60.com.br e variam de R$ 69,90 a R$ 79,90. Os participantes devem aceitar um termo com as regras do jogo, que também serão passadas pelos colaboradores do Escape 60 no local. Em caso de necessidade, existe um botão de emergência, que abre a porta da sala antes dos 60 minutos de prazo.

MAIS SOBRE:

DiversãoMoemaSão PauloCopacabanaRio de JaneiroEntretenimentoDiversão Eletrônica
Comentários