Mulher atingida em torneio de golfe perde a visão e vai processar a Ryder Cup

Incidente aconteceu na semana passada, quando o norte-americano Brooks Koepka errou uma de suas tacadas

Relacionadas

A torcedora que foi atingida por uma bola de golfe durante a Ryder Cup, em Paris, na semana passada, perdeu a visão do olho direito. Um exame confirmou que Corine Remande não vai mais poder enxergar.

O incidente aconteceu quando o norte-americano Brooks Koepka errou uma de suas tacadas e a bola acabou acertando a mulher, que acompanhava a competição. A fã precisou de atendimento médico no local por causa de ferimento no olho. O próprio golfista ajudou nos primeiros socorros.

"O exame confirmou (na sexta-feira) uma fratura da órbita direita e uma 'explosão' do globo ocular, que foi 'costurado' pelos cirurgiões. Mas eles me disseram que eu perderia a visão deste olho, algo que hoje me confirmaram", declarou Corine Remande à agência AFP ao deixar o hospital, na noite de segunda-feira.

Corine, que mora no Egito, viajou com o marido para acompanhar o torneio por "amor ao golfe" e hoje se diz "enojada" com o tratamento que recebeu da organização da competição, que não se interessou pelo seu estado de saúde.

"É óbvio que há uma responsabilidade dos organizadores", declarou ela. Corine critica o fato de o comissário da prova não ter gritado para avisar "quando viu que a bola do jogador estava indo em direção ao público".

A fã pretende apresentar uma denúncia contra a Ryder Cup e vai morar em Lyon com os pais até terminar o tratamento. 

 

 

MAIS SOBRE:

Golfegolfetorcida
Comentários