Nome 'sugestivo' faz atleta ganhar fama antes mesmo de se profissionalizar

Kobe Buffalomeat tem origens indígenas e já é capa de jornal por causa de seu nome

Relacionadas

Os jogadores de futebol americano que começam a se destacar, automaticamente ganham apelidos, seja por seu tamanho, por sua velocidade ou então para "botar medo" nos adversários. Com Kobe Buffalomeat, porém, isso não será necessário. O atleta, recrutado para disputar a liga universitária por Illinois State, já tem um nome que chama bastante atenção (em português, significa carne de búfalo) e não demorou para ser citado por fãs e que até ganhasse manchetes de jornal por causa de sua origem indígena. 

"Eu acredito que posso atrair um pouco mais de atenção na universidade", disse ele, em entrevista à ESPN, dizendo, porém, que isso não fará ele ter "facilidades" na carreira: "Não acho que meu nome vai me ajudar. Será um trabalho duro durante os próximos anos se eu quiser uma chance de ir para a NFL", completou.

Conhecido no colegial como "Buff" ou "Beef", Buffalomeat tem mais um atrativo em seu nome que pode ser um aliado para se dar muito bem nos esportes: ele se chama Kobe, em homenagem a Kobe Bryant, que, em 1999, ano no dascimento do jovem atleta, ainda era um garoto, mas já dava mostras que se tornaria uma das lendas do Los Angeles Lakers e do basquete.

MAIS SOBRE:

Futebol americanoLos Angeles LakersKobe BryantFutebol Americano
Comentários