Record pagará indenização por chamar Jade Barbosa de 'atleta em decadência'

Emissora é condenada a pagar R$ 20 mil por danos morais

Relacionadas

Jade Barbosa será indenizada em R$ 20 mil por danos morais pela Record TV. A atleta entrou na Justiça em 2014, quatro anos atrás, após ser intitulada como "ginasta em decadência" pela emissora.  

+ Marquezine ganha figurinhas de Neymar e brinca: 'Estou dando meu namorado'

+ Desempregado, Luxa aposta em modernidade e se lança como youtuber

+ Para provar interferência, Palmeiras contrata empresa de investigação

A decisão foi divulgada pelo site jurídico Jota nesta quarta-feira. "Os desembargadores que compõem a Décima Oitava Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, por unanimidade de votos, condenaram a Rádio e Televisão Record a indenizar a ginasta Jade Barbosa em R$ 20 mil por danos morais por ter abusado da liberdade de expressão em matéria considerada "notoriamente sensacionalista", escreveu.

Na época, a emissora divulgou uma matéria com o título "Atletas em decadência apelam para as redes sociais para não perder fama". O material mostrava atletas que já tiveram em fases melhores na carreira e agora vivem às custas da fama nas redes sociais.

Jade abriu um processo contra a Record em 2016 alegando que sofreu comentários depreciativos após a matéria. A publicação ressaltava: "de volta à ginástica, a rainha dos selfies na internet, Jade Barbosa, hoje vive mais do corpão do que das medalhas".

A emissora ainda pode recorrer, assim como fez no primeiro processo, quando foi condenada a uma multa de R$ 100 mil. Apesar da confusão entre a Jade e a Record, após o caso a atleta chegou a ser contratada pela Record TV. Ela participou do reality show Dancing Brasil e chegou à final da competição de dança.

No último sábado (20), Jade garantiu a sexta colocação no individual geral do Troféu Cittá di Jesolo, na Itália.

 

MAIS SOBRE:

GeralJade BarbosaTv Record
Comentários