Sir Mo Farah: Tetracampeão olímpico recebe título de cavaleiro da Rainha

Velocista se mudou para o Reino Unido aos oito anos e é um dos principais nomes do atletismo mundial

Relacionadas

O velocista britânico Mo Farah recebeu o título de Cavaleiro da Ordem do Império Britânico das mãos da rainha Elizabeth II. Quatro vezes campeão olímpico, o "Sir" de Mo Farah foi oficializado nesta terça-feira, 14, no Palácio de Buckingham.

"Quem diria que correr me traria aqui?", escreveu Sir Mo no Instagram. O atleta de 34 anos já havia recebido a notícia do título em janeiro, durante as Honras de Ano Novo, por serviços ao atletismo.

+ FERA ENTREVISTA: Eder Reis, a voz 'Gigante' nas transmissões esportivas

+ Itália fica fora da Copa; redes sociais se dividem entre decepção e espanto

+ Siga o Fera no Twitter

Tóquio 2020

Depois de deixar as pistas e focar em corridas de rua, Sir Mo afirmou ao canal britânico BT Sport que só disputará os próximos Jogos Olímpicos caso acredite que tenha chances de alcançar o pódio. Até lá, Sir Mo segue na disputa de maratonas.

Depois de seis anos vivendo e treinando nos Estados Unidos, ele voltou a viver em Londres para a nova fase de sua carreira, agora afastado do treinador Alberto Salazar. Agora, o objetivo é a maratona da capital inglesa. "Para mim, é a maior maratona do mundo e será muito difícil. Mo Farah não vai apenas chegar e ganhar, vai ser difícil correr", afirmou.

Sir Mo Farah

Nascido na Somália, Mo Farah se mudou para o Reino Unido aos oito anos de idade. Ele conta com 10 títulos internacionais e se aposentou das pistas após disputar o Mundial de Atletismo de Londres em agosto. Ele conquistou o ouro nos 10 mil metros e ficou com a prata nos 5 mil metros, quebrando uma sequência de 10 triunfos que vinha desde 2011.

"Estou tão feliz de receber essa honra incrível do país que é minha casa desde que cheguei aos seis anos", disse Farah. Em sua conta no Instagram, ele afirmou ainda que foi uma honra receber o título da Rainha e definiu a própria carreira como "brilhante".

MAIS SOBRE:

atletismoAtletismoMo Farah
Comentários