Pittsburgh Steelers muda salário para bônus e ajuda jogador lesionado

Ryan Shazier sofreu grave lesão na coluna e ainda luta para se recuperar

Ainda se recuperando da grave lesão que sofreu na coluna, o defensor Ryan Shazier recebeu uma boa notícia. Segundo informações do jornalista Field Yates, da ESPN americana, o Pittsburgh Steelers aceitou converter o contrato de seu atleta em bônus de assinatura. Com a medida, ele poderá receber imediatamente quase a totalidade de seu contrato, de US$ 8 milhões (R$28 milhões).

Relacionadas

+ Sonnen provoca e diz que vitórias de Fedor no Japão ‘foram armadas’

A formação do elenco do Jazz é um exemplo de competência na NBA de hoje

+ 'Besuntado' é acusado de fraudar sistema para disputar os Jogos de Inverno

Shazier já declarou que pretende voltar ao futebol americano. Por enquanto, ele foi listado por pelo Steelers como reservas/sem condições físicas de desempenhar (PUP) e está fora da temporada 2018/2019.

Ryan Shazier causou grande comoção no draft da NFL, no último dia 26, ao subir no palco montado no centro do AT&T Stadium, no Texas, para anunciar a escolha de primeira rodada dos Steelers: o safety Terrell Edmunds, de Virginia Tech. 

RELEMBRE

O linebacker, de 25 anos, sofreu uma grave lesão nas costas durante a vitória por 23 a 20 sobre o Cincinnati Bengals, em dezembro de 2017. A contusão aconteceu quando ele tentou deu um tackle no recebedor Josh Malone, no primeiro quarto.

Shazier estreou pelos Steelers em 2014, mesmo ano em que foi selecionado como a 15ª escolha da primeira rodada do draft. Desde então, participou de 46 partidas de Pittsburgh, sendo 41 delas como titular. Neste ano, ele já tinha aplicado 89 tackles, sendo o líder do time no quesito e o 14º melhor de toda a NFL.

MAIS SOBRE:

Futebol AmericanoNFL [Liga de Futebol Americano]
Comentários